terça-feira, 16 de maio de 2017

NÃO É UM FOGO LEVE QUE EU PEGUEI

Me pego com vontades súbitas no meio da tarde, sei lá, aquela fome que dá do nada. Um desejo maluco de tudo que não tem na geladeira.

Pediram comida no trabalho, mas eu não estava na sala e fiquei sem nada. Devo estar  com uma cara de quem não come há séculos, me disseram pra ligar e adicionar alguma coisa ao pedido, fala sério... Minha fome é grande, no entanto a vontade de evitar contato com desconhecidos é ainda maior.

Eu queria sei lá,  acho que queria você. Fazer uns filés de suas coxas, tostar suas orelhas na grelha. Te dar umas mordidas, só de tira gosto.

Ah! Que vontade que eu estou de chupar você, lamber seus olhos e engolir suas veias. Mas isso não consigo pedir por delivery... Triste.

Me resta então tomar um café, aguardar o horário de bater o ponto e pensar nos convites que recusei, aqueles banquetes que me neguei a participar. Devo ter me privado de tanta foda boa, digo, sopa. Não, odeio sopas. São das fodas que sinto falta mesmo. Ah, isso é besteira. Se fue.

Eu não te quero vindo simplesmente porque pedi, ou porque está só, menos ainda te quero do meu lado com o se eu fosse a opção mais em conta do cardápio.

Não me apetece te ver quando posso, não curto essas modernidades. Me abre o apetite saber que estamos juntos porque sentiu vontade de mim, pelo simples fato de que te dou fome... Vamos fazer aquela dieta das cavernas?  Ainda vou enlouquecer. Preciso dar um jeito nisso, me saciar de ti e encontrar algum tipo de paz .

Transa comigo, me leva pra comer um dog, vai? Passa a tarde toda reclamando de alguma coisa ou ouvindo música, te quero com acompanhamentos extras. Muita manteiga, pimenta e sal, tudo sobre nós é temperado na hipertensão.

Já não sei o que é um olhar faminto em minha direção, me ajuda. Faz um marmitex caprichado, me enche de porções suas, sirva-se nu e crú.  Mas vem cá, fica pertinho. Não se assuste, não. Eu não mordo. Eu engulo tudo de uma vez.  Não sou adepta do pecado da gula, só estou com muita fome.

Nenhum comentário:

Postar um comentário